Você sabe qual o limite do seu cartão de crédito?

Dicas para usar de forma consciente esse modo de pagamento

Quando se fala em limite do cartão de crédito, talvez você pense em um valor: R$ 1.000,00, R$ 5.000,00, R$ 20.000,00… Para a administradora do cartão, o limite é esse valor que está disponível para você gastar. Mas, para você, qual é o limite?

O cartão de crédito é um meio fácil de pagamento, mas também um meio fácil para distanciar você da sua realidade financeira.

Quando usamos o cartão de crédito, gastamos mais do que quando usamos o dinheiro, principalmente nas compras parceladas. Muitas vezes, temos o prazer da compra e o cartão nos permite pagar por isso sem ter que contar as “notas de dinheiro” equivalentes.

Esquecemos das compras que fazemos com o cartão e só vamos lembrar delas na hora de pagar a fatura do cartão. Aquele jantar valeu mesmo à pena? Sim, é preciso se divertir, mas será que precisava gastar tanto?

E os gastos aumentam quando você acredita que o valor disponível para fazer as compras no cartão é o seu limite para gastar.

É como se fosse uma outra fonte de renda ou um complemento do seu salário. Mas, na verdade, o limite do cartão é o valor do crédito disponível para você usar (e pagar bem por isso). Quem não consegue pagar a fatura do cartão sabe bem quanto custa esse limite. É nada menos do que um empréstimo!

Então, fique atenta: o verdadeiro limite do seu cartão é o limite que você tem de dinheiro e está disposta a pagar pelos seus gastos.

E não importa se o limite do cartão é menor ou maior do que a sua renda ou salário. É uma ilusão, que dá a você a sensação de que pode gastar mais do que realmente precisa e pode se tornar uma “bola de neve” de dívidas se você não tiver condições de pagar.

Use o cartão como facilidade e tenha sempre em mente que o cartão é uma forma de pagamento e não uma despesa.

Dicas simples podem ajudar a ter mais controle e usar de forma consciente o seu cartão de crédito:

  • Faça uma lista do quanto você pode gastar no cartão. Quais despesas serão pagas pelo cartão?
  • Não aguarde a fatura: uma vez por semana, some o quanto gastou no cartão. Você tem dinheiro para pagar?
  • Inclua as compras parceladas na sua lista de despesas mensais. Você já pode ter usado ou consumido, mas elas ainda precisam ser pagas!

E, quando oferecerem a você um aumento do limite do cartão como prêmio, questione-se: pra quê?

Quer saber mais? Acompanhe a minha coluna semanal no Bella+. Vamos juntas nesta jornada!

*Esse texto foi publicado no site do Bella+. Para conferir, acesse aqui.

Fabiana G. Mendonça Machado

Sócia-fundadora da MoneyMind® e especialista em comportamento financeiro. Trabalha com processos individuais, treinamentos e palestras com foco em comportamento financeiro, ajudando as pessoas a organizar a vida financeira e lidar com o dinheiro com mais liberdade e consciência.

É colunista do Bella+, um site dedicado ao universo da mulher em diferentes segmentos, e escreve semanalmente textos relacionados ao comportamento financeiro ao público feminino.