O QUE ESPERAR (E FAZER) EM 2021 COM O SEU DINHEIRO?

Fabiana M. Machado

Todo início de ano, renovamos nossa esperança por uma vida melhor e, claro, com mais dinheiro! Ou, pelo menos, ter uma “certa” tranquilidade, algo do tipo “não quero me preocupar com o dinheiro” (e, se possível, nem pensar nele!!!). Se você pensa assim, não está sozinha. 

Na verdade, não há nada de novo nesse desejo. Tudo o que queremos é pagar as contas e viver boas experiências ao longo do ano. Guardar dinheiro também faz parte, mas se sobrar. E nada fazemos de diferente, afinal, entramos no automatismo do comportamento que criamos para tomar as decisões sem pensar.

Mas o ano novo começa e nada de diferente acontece: surgem os “imprevistos”, tem inúmeros presentes pra dar e você não consegue comprar o mais barato, o material escolar está mais caro e você reza pra sua filha não escolher o caderno da capa linda (e se arrepende de não ter deixado a guria em casa), o cachorro fica doente e a conta fica maior do que o seu plano de saúde. E nada estava na planilha ou planejado para acontecer, mas você terá que pagar a conta.

Com a justificativa de que tudo parece complicado e trabalhoso, evitamos planejar a vida financeira. Mas não se trata apenas do dinheiro e sim da própria vida. Um pouco mais de clareza para entender pra onde vai o dinheiro pode ser o suficiente para evitar que você fique endividada ou se sinta culpada por gastar.

E, com o tempo, você vai criando novos hábitos financeiros e aprendendo a lidar com o dinheiro com mais consciência e realidade com o que acontece de fato na sua vida e não como desejaria (como o pedido de ano novo de não se preocupar com o dinheiro).

Como o desejo, por si só, não se torna realidade, listei aqui algumas sugestões para ajudar você a ter um novo comportamento em 2021:

> O início do ano é a época para definir objetivos e pensar na meta de poupar. Assim, você ficará mais estimulada em poupar dinheiro. Reveja as despesas, alinhe com o que é necessário e importante para você e já programe as despesas do ano, inclusive para lidar com imprevistos.

> IPVA e IPTU costumam ter descontos para pagamento em janeiro. Se puder, aproveite a oportunidade de economizar.

> De 12 a 17 de fevereiro tem feriadão de Carnaval. Se quer viajar, já comece a pensar: hotel ou casa da família, carro ou avião, e faça as contas de quanto irá gastar.

> Antes de fazer um financiamento ou parcelamento no cartão de crédito, confira se as parcelas não irão comprometer o seu orçamento mensal.

> Defina um valor para guardar assim que receber o seu salário ou renda e crie o hábito de poupar. Não espere sobrar no fim do mês.

> Se você gosta de presentear, defina um valor a ser gasto com presentes e coloque no orçamento. Lembre-se de que preço do presente não representa o seu afeto, e sim o quanto você pode e quer gastar.

Neste ano, tem muitos feriados prolongados. Vai viajar de carro e precisa de revisão ou manutenção? Faça os orçamentos e não corra risco na estrada.

Além de juntar dinheiro, é importante colaborar. Já tem uma instituição para fazer suas doações?

Não espere o ano passar e continuar na mesma situação. Um pouco de esforço e determinação lhe trará uma certa tranquilidade de que estará fazendo cada dia melhor.

Fabiana M. Machado

Sócia-fundadora da MoneyMind® e especialista em comportamento financeiro. Colunista do Bella Mais, escrevo textos sobre o comportamento financeiro e a relação com o dinheiro. Este texto você encontra por também.

Quer ajuda profissional para melhorar a sua relação com o dinheiro? Entre em contato. Será um prazer ajudar você.

Entrar em contato