Chega de desperdício!

Saiba como salvar o seu dinheiro de uma forma simples

Já abriu o armário da cozinha ou a sua geladeira hoje? Quantos alimentos estão vencidos? Talvez você não saiba, mas provavelmente deve ter algum. E se o destino é o lixo, não é apenas a comida que está indo fora, mas também o seu dinheiro.

É comum pensar que a solução para melhorar a vida financeira é ter mais dinheiro. Com isso, procuramos formas de melhorar a renda, de preferência com fórmulas mágicas, sem muito esforço. Mas, para a maioria das pessoas, o dinheiro vem pelo trabalho.

Na hora de gastar, é comum não pensar no que está comprando, no famoso “será que é realmente necessário?” Afinal, há quem pense que dinheiro é para gastar…

Se pensarmos racionalmente, o ser humano precisa de muito pouco para viver. O que leva a consumir, na maioria das vezes, não é a necessidade, mas sim o prazer. Um prazer, no entanto, que não está relacionado à verdadeira felicidade, mas sim à uma satisfação passageira, que logo leva às compras novamente.

Mas, mesmo sabendo disso, gastamos, pois as nossas decisões não são racionais. E, para justificar os gastos, transformamos tudo em necessário: mais comida, mais roupa, mais isso, mais aquilo… aí vai surgindo a necessidade de mais espaço, mais dinheiro, mais prazer, mais tudo.

Aproveitar uma viagem ou uma promoção pode parecer um excelente motivo para você comprar, mas não aquilo que você não vai usar.

Por isso, sem querer entender o motivo que leva você a comprar, já pensou em simplesmente eliminar os excessos? Já pensou em tornar a sua compra mais consciente e sustentável?

Confira dicas simples para evitar compras excessivas e economizar o seu dinheiro:

Alimentos

Comprar tudo de uma única vez pode fazer você economizar tempo. Mas se tem alimento vencido ou estragado em casa, esse cálculo não está sendo bem feito. Afinal, você economiza tempo ao deixar de ir ao mercado, mas gasta tempo trabalhando para pagar pela comida que vai para o lixo. Então, avalie se vale a pena ir com mais frequência ao mercado e risque da lista ou compre menos os itens que estão estragando. Antes de sair de casa, confira o que tem em estoque e use a criatividade para elaborar deliciosas receitas e consumir tudo. Vá intercalando opções em cada ida ao mercado e não compre todos de uma vez só. Tenha em mente que geladeira cheia não é sinônimo de fartura se a comida acaba no lixo.

Casa limpa

Não basta estar limpa, a casa tem que estar brilhando e perfumada, não é mesmo? Uma sensação boa, principalmente depois de muito esforço e dedicação (quando é você que limpa) ou de ter pago pela limpeza. Assim, você vê o seu dinheiro bem empregado. E os fabricantes sabem disso…Mas muitos produtos não são tão necessários assim para garantir a limpeza. Aquele cheirinho de frescor, a lavanda para o piso, o “tira-isso”, “tira-aquilo” são realmente necessários? Se você quer economizar mais e se preocupa com o meio-ambiente, uma dica é optar por receitas caseiras.

Maquiagem

Você sabia que a maquiagem aberta altera o prazo de validade que está na embalagem? Então, não adianta comprar muitos produtos! Pode colocar em risco não apenas a sua beleza, mas principalmente a sua saúde. Invista na qualidade, um produto de cada vez, que combine com você, fique atenta à textura, cor e cheiro do cosmético, e, se não tiver problemas, use até acabar.

Material escolar

Início das aulas, hora de conferir no estojo do seu filho o que pode ser aproveitado: lápis, borracha, lápis de cor, apontador, régua, etc. Sempre tem algo! Além de economizar, você vai educar o seu filho a reaproveitar.

Seja versátil

Já pensou em objetos multifuncionais, que possam te atender em várias situações? Isso serve para roupas também: poucas peças, mas boas e que possam ser usadas com várias combinações.

Você pode até ter o hábito e gostar de comprar coisas, mas use e abuse do que você tem e não tenha mais do que possa usar!


*Texto publicado originalmente no site Bella Mais, em 06.01.2020.

Fabiana G. M. Machado

Sou sócia-fundadora da MoneyMind® e especialista em comportamento financeiro. Trabalho com programas individuais, treinamentos e palestras com foco em comportamento financeiro, ajudando as pessoas a organizar a vida financeira e lidar com o dinheiro com mais liberdade e consciência.

Sou colunista do Bella Mais, um site dedicado ao universo da mulher em diferentes segmentos, e escrevo semanalmente textos relacionados ao comportamento financeiro ao público feminino.

Esse texto foi útil pra você? Escreva-me para contar: fabiana@moneymind.com.br.