Black o quê?

Fabiana M. Machado fala do impacto da Black Friday nas suas finanças nos próximos dias do ano

Está dada a largada oficial dos gastos de fim de ano. Black Friday, que neste ano ocorre dia 29 de novembro, é um evento que inaugura a temporada de compras de Natal com promoções que podem ser atraentes, mas não tão favoráveis para o seu bolso.

Embora no Brasil os descontos não sejam tão atrativos e reais como nos Estados Unidos, a Black Friday é uma oportunidade para garantir um preço menor por aquele produto ou serviço que você precisa. Quem sabe até realizar um desejo antigo. Se você se programou financeiramente, agora pode ser a hora.

Mas a Black Friday não é o dia para você sair às lojas ou navegar pela internet à procura de descontos e promoções. Nada contra o consumo. Mas que seja consciente e dentro do que você realmente precisa e pode pagar.

Como economizar dinheiro na Black Friday?

Alguns comportamentos podem ajudar você na hora da decisão:

  • Se você acha que realmente precisa de algo, esqueça o preço e se questione: se não foi necessário até quinta-feira, por que será necessário nesta sexta de Black Friday?
  • Delete os e-mails e desative as notificações do celular de propagandas. Elas querem convencer você a comprar coisas de que não precisa.
  • Crianças? Deixe-as em casa! Além de não gastar com os pedidos inesperados (e intermináveis) das crianças, você evita dar o exemplo de como gastar sem se planejar e de forma impulsiva.
  • Amigas? Evite acompanhá-las, principalmente se é aquela que diz que tudo fica bom em você. Deixe a diversão para um outro momento.
  • Não compre pensando “depois vejo como pagar”! Você pode não ver “saída”.
  • Cuidado com as lojas (principalmente virtuais) que não existem ou não entregam a mercadoria. Você pode consultar o Procon ou “Reclame Aqui” para saber se a empresa vendedora não é uma fraude.
  • Não caia na armadilha de que comprando você será mais feliz, bem-sucedida ou poderosa.
  • Não pode pagar? Não faça dívidas. O que poderá acontecer de diferente na sua vida que permitirá o dinheiro extra para pagar a dívida sem comprometer o orçamento?
  • Vai receber o Décimo-terceiro salário? Procure quitar as dívidas, principalmente se for de cartão de crédito ou cheque especial. Vai sobrar? Pense nas despesas de fim de ano.

Fim de ano já chegou!

O Natal, Reveillon e férias de verão estão aí. Época de gastos e despesas extras. Alerta total! Seja realista: irá participar de amigo oculto, terá gastos com a ceia de Natal, irá viajar e curtir os petiscos na praia?

No início do ano, ainda tem os impostos a pagar, como o IPTU e IPVA, além de material escolar das crianças.

Então, programe-se! Não há milagre. É preciso economizar. Portanto, a Black Friday não é o dia para torrar o seu dinheiro.

A Black Friday desperta uma sensação de que é permitido comprar e de que a oportunidade é imperdível. Mas esse é um evento de apenas um dia e, se você viveu até hoje sem, é provável que a compra não seja tão necessária assim. Avalie. Você não vai querer começar 2020 no negativo, vai?


*Texto publicado originalmente no site Bella Mais, em 28.11.19.

Fabiana G. M. Machado

Sou sócia-fundadora da MoneyMind® e especialista em comportamento financeiro. Trabalho com programas individuais, treinamentos e palestras com foco em comportamento financeiro, ajudando as pessoas a organizar a vida financeira e lidar com o dinheiro com mais liberdade e consciência.

Sou colunista do Bella Mais, um site dedicado ao universo da mulher em diferentes segmentos, e escrevo semanalmente textos relacionados ao comportamento financeiro ao público feminino.

Esse texto foi útil pra você? Escreva-me para contar: fabiana@moneymind.com.br.