As sete habilidades de quem tem um mindset de empreendedor

Saiba quais são e como desenvolver as habilidades comuns a todo empreendedor

Nunca se falou tanto em empreendedorismo como nos últimos anos. Tornar-se um empreendedor e ter seu próprio negócio passou a ser um sonho perseguido por um número cada vez maior de pessoas em todo o Brasil.

Em alguns casos, a motivação é o cenário econômico sem muitas promessas de emprego. Em outros, um desejo de mudar de vida, de fazer o que gosta.

Durante muitos anos, imaginou-se que ser empreendedor era uma característica que nascia com a pessoa, ou seja, era algo apenas para o predestinados.

Entretanto, a evolução dos estudos sobre o comportamento humano permitiram observar que era possível aprender a ser um empreendedor. Nessa linha, surgiram milhares de cursos e escolas dedicados a ensinar e desenvolver empreendedores.

O grupo de psicólogos e pesquisadores norte-americanos membros do Leadership Development Institute, formado por Mark Davis, Jennifer Hall, Pam Mayer e Nancy Pridgen, dedicou anos de estudos para mapear características habilidades comuns a todos os empreendedores, ou seja, encontraram o que chamamos de “mindset empreendedor”.

Falando das habilidades, segundo os autores, existem sete habilidades comuns a todo empreendedor e a boa notícia é que todos nós podemos desenvolver essas habilidades.

A lista abaixo contém uma breve descrição de cada uma dessas habilidades e, pelo menos, uma dica de como desenvolvê-las:

1.   Foco no Futuro

É a habilidade de pensar além da situação imediata e planejar o futuro. Para desenvolver essa habilidade é fundamental estar sempre perguntando a si mesmo como a sua visão de futuro impacta naquilo que deveria ser o foco no momento atual. Além de ser uma habilidade diretamente relacionada ao planejamento, a tendência de pensar estrategicamente com foco no futuro é uma peça chave para a inovação.

2.   Geração de Ideais

É a habilidade de gerar várias ideias novas e de encontrar várias formas de atingir os objetivos. Mas, além de gerar novas ideias, é fundamental ser capaz de gerar ideias não importando a natureza ou a complexidade do problema a ser resolvido ou da oportunidade a ser aproveitada. E tão importante quanto novas ideias, são ideias valiosas. Uma dica para desenvolver essa habilidade é se desafiar a usar mais o lado criativo do cérebro com o objetivo de gerar novas ideias. Comece escrevendo uma pergunta (ex.: como posso inovar o modelo de negócio da minha empresa?) ou um problema (ex.: como posso competir com concorrentes que tem mais recursos do que eu?) e saia do seu ambiente usual mantendo a pergunta ou o problema em mente. Esteja aberto a qualquer ideia que surgir em sua mente.

3.   Execução

A habilidade de transformar ideias em planos de ação; a habilidade de implementar as ideias. Aqui aparece o talentoso para tirar uma ideia do papel e transforma-la em realidade, não importando de quem seja a ideia. Essa habilidade também compreende entender uma visão de futuro, traduzi-la em ações táticas e depois implementar as ações, seja por conta própria ou coordenando uma equipe. Desenvolver a habilidade de execução envolve saber a melhor forma de aproveitar recursos e pessoas. A dica é prestar atenção nos procedimentos ou nas pessoas que podem ser obstáculos para que as coisas sejam feitas, manter o foco nos dois ou três pontos mais relevantes e elaborar um plano de ação para lidar com cada um deles.

4.   Autoconfiança

Diz respeito a acreditar nas próprias habilidades e talentos para alcançar objetivos importantes. Uma pessoa autoconfiante se permite experimentar coisas novas ou aceitar novos desafios mais facilmente, algo que faz parte do cotidiano de quem empreende. Aqui, a dica para elevar o nível de autoconfiança é estabelecer pequenas metas para si mesmo, e trabalhar duro para alcançar cada uma delas. Quanto mais metas conseguir alcançar, mais vai se sentir confiante para as próximas que virão, contribuindo para estabelecer um padrão de sucesso que, com o tempo, não vai querer mais abrir mão.

5.   Otimismo

É para quem mantem uma atitude positiva sobre os vários aspectos da vida e do mundo ao seu redor. O otimismo faz acreditar que tudo vai dar certo, que as pessoas vão fazer as coisas certas, que os desafios podem ser superados e que suas próprias necessidades serão atendidas. Segundo os autores, uma maneira de praticar o otimismo é anular os pensamentos negativos com os positivos. Em vez de pensar “Eu me sinto completamente sobrecarregado, não tem como isso dar certo”, você pode dizer a si mesmo “Isso é desafiador, e tenho certeza que há uma maneira de fazer dar certo e conseguir um bom resultado. Eu só́ não sei AINDA como fazer”.

6. Persistência

Essa é a habilidade de se recuperar rapidamente das frustrações e de se manter persistente em meio aos contratempos. Para alcançar um objetivo, ser persistente pode ser a diferença entre sucesso e o fracasso. Para desenvolver a persistência, demonstrar resistência apesar dos contratempos e obstáculos é um fator-chave. Ao invés de se desmotivar, mantenha o objetivo final em mente durante o tempo todo. Tente várias estratégias diferentes antes de desistir. Evite que os contratempos façam você procrastinar. Quando isso acontecer, recarregue as energias envolvendo outras pessoas, tire um tempo para retomar o rumo ou se divirta com algo que você sabe que vai recarregar suas baterias.

7.  Atenção às Pessoas

Essa é a habilidade que faz um empreendedor demonstrar sensibilidade e preocupação com o bem-estar daqueles com quem trabalha. É a habilidade relacionada a capacidade de estar atento aos sentimentos e padrões de comportamento dos membros da equipe, permitindo ser mais colaborativo na resolução de problemas. A maior dica para desenvolver a habilidade de dar atenção às pessoas é prestar atenção nas necessidades dos outros. Tente fazer com que as pessoas se sintam valorizadas, seja expressando gratidão pelas suas contribuições, seja prestando atenção aos problemas delas ou ouvindo atentamente às suas ideias. É preciso ser muito curioso para ser um bom ouvinte. As vezes, o que você acha que sabe pode ser o seu maior inimigo. Como já escreveu Stephen Covey  em “Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes”, procure primeiro compreender para depois ser compreendido.

Essas são sete habilidades que você pode desenvolver caso seja ou queira ser um empreendedor e, caso já empreenda, alavancar seus resultados. Há, ainda, no mesmo estudo que serviu de base para a criação do Entrepreneurial Mindset Profile – EMP, sete características pessoais daqueles que tem uma mentalidade empreendedora. Mas esse é assunto para outro artigo.

Compartilhe com seus amigos e colegas. Algum deles pode estar empreendendo ou pensando em empreender e vai gostar de ficar sabendo sobre essas habilidades.

Se quiser saber mais sobre o EMP fale comigo. Sou o Master habilitado no Brasil para usar o instrumento e posso te ajudar a desenvolver essas habilidades.

André Luiz Machado

Sócio-fundador da MoneyMind® e especialista em comportamento financeiro.

Entrepreneurial Mindset Profile®  Practitioner, certificado para aplicar o EMP instrumento de Perfil de Mentalidade Empreendedora.

Entrepreneurial Mindset Profile® Master Practitioner, habilitado para treinar e certificar profissionais para uso do EMP no Brasil.

By |2019-09-10T19:33:21+00:00setembro, 2019|André Luiz Machado, Desenvolvimento, Empreendedorismo|